3 verdades e 1 mito sobre o glúten!

Rate this post




As polêmicas que existem sobre a restrição ou não do glúten na dieta não param. Essa proteína, presente no trigo, aveia, cevada e centeio é alergênica para pessoas que possuem predisposição para doença celíaca ou intolerância gastrointestinal. A maioria das pessoas acaba cortando o glúten sem apresentar qualquer alteração negativa com seu consumo. Hoje, trouxe 3 verdades e 1 mito sobre ela:1. Pessoas com doença celíaca ou intolerância ao glúten necessitam retirá-lo da dieta por completo.Verdade. A doença celíaca é uma doença autoimune, na qual o corpo “entende” que a proteína é algo estranho e que precisa ser eliminada, e isso leva à redução da absorção de nutrientes e promoção de um estado inflamatório no intestino. Assim, pessoas com o diagnóstico médico dessa intolerância devem eliminar qualquer alimento com glúten.2. Os alimentos que contém glúten são grãos ricos em vitaminas do complexo B, minerais e fibras.Verdade. Os grãos integrais como trigo, aveia, cevada e centeio são fontes de vitaminas do complexo B, minerais como zinco e cobre e fibras alimentares em boas proporções.3. A retirada do glúten na dieta sem necessidade pode predispor à intolerância ao glúten.Verdade. Excluir da alimentação o glúten pode propiciar ao organismo um mecanismo de resistência, após à inclusão novamente, uma vez que ocorre um processo de defesa contra a proteína, levando à um grau de intolerância e baixa digestão. Isso pode gerar grandes desconfortos gastrointestinais.4. Todas as dietas de emagrecimento precisam retirar o glúten.Mito. Para pessoas que não apresentam doença celíaca ou intolerância ao glúten, não há necessidade de sua exclusão. Recomenda-se o consumo de alimentos integrais, evitando os refinados. O planejamento alimentar deve ser equilibrado e atender suas necessidades e costumes, sem restrições desnecessárias. Claro que, podemos variar nossa alimentação e utilizar outros alimentos feitos com farinhas de arroz, oleaginosas, para garantir alta carga nutricional e evitar monotonia alimentar. Mas lembre-se, apenas o seu nutricionista pode adequar a sua dieta. Não faça mudanças rígidas sem um acompanhamento adequado!



Leia na íntegra

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Assine a nossa newsletter
Assine a nossa newsletter
Inscreva-se aqui para receber as últimas notícias diretamente na sua caixa de entrada.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento