Tecsis vai retomar produção de pás eólicas em Sorocaba no mês de julho

Rate this post




Empresa que chegou a ter 8 mil funcionários na cidade havia transferido produção para unidade de Camaçari, na Bahia. Ainda não foi divulgado quantas vagas de emprego devem ser abertas na região. Funcionários foram demitidos de empresa de pás eólicas
Reprodução/TV TEM
A produção de pás eólicas da empresa Tecsis deve ser retomada em Sorocaba (SP) a partir de julho deste ano. A empresa confirmou ao G1 a informação divulgada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Plásticas, Químicas, Farmacêuticas, Abrasivas e Resinas Sintéticas nesta quinta-feira (3).
Considerada uma das maiores fabricantes de pás eólicas do Brasil, a empresa chegou a ter 14 unidades na cidade e empregou cerca de 8 mil pessoas diretamente, e outras 20 mil indiretamente.
Entretanto, encerrou a produção após demitir mais de 700 trabalhadores somente no ano passado. Toda a produção foi transferida para Camaçari, na Bahia. De acordo com a Tecsis, agora a unidade teve a operação temporariamente suspensa.
Ainda conforme a empresa, a estrutura de Camaçari foi erguida para a produção de pás maiores e, economicamente, será viável reativar a linha de trabalho em Sorocaba.
Produção de pá eólica em Sorocaba, SP
TV Globo/Reprodução
De acordo com o presidente do Sindicato dos Químicos na região, Carlos Alberto dos Santos, 100% da produção voltará a ser feita no município. “Não deram previsão de quantas pessoas serão contratadas, mas a nossa expectativa é de que volte a ser o que foi no passado. É algo satisfatório para toda a região.”
Santos conta que a entidade questionou a possibilidade da contratação de ex-funcionários. “Falaram que existe a chance, mas todos vão passar pelo procedimento de rotina para entrar de novo.”
Segundo o presidente do sindicato, a falta de mão de obra especializada foi o principal fator para o fechamento da unidade na Bahia. “Quase 1 mil trabalhadores de Sorocaba viajaram para lá, mas muitos não se adaptaram e acabaram voltando”, afirma.
Atualmente, de acordo com o sindicato, cerca de 30 pessoas atuam na unidade da Tecsis em Sorocaba, entre funcionários do setor administrativo e engenheiros. Santos explica que em um primeiro momento deve ser feitas pás eólicas de 70 metros de extensão.
“O espaço para as menores, de 50 metros, ainda está sendo readequado. A empresa está em um momento de estudo tanto de produção quanto de logística.”
Veja mais notícias na página de Concursos e Emprego



Leia na íntegra

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Assine a nossa newsletter
Assine a nossa newsletter
Inscreva-se aqui para receber as últimas notícias diretamente na sua caixa de entrada.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento